Museu dos automóveis clássicos

cais norte porto funchal

OPINIÂO

Paulo Melich Farinha

Acho incrível a ideia de instalar um museu de automóveis clássicos na zona portuária do Porto do Funchal, retirando espaço precioso de apoio à logística da futura ligação via ferry com o Continente…
Curiosamente a APRAM evoca a inexistência de espaço para parqueamento de carga rodada, relacionado com a futura ligação ferry entre a Madeira e o Continente.
Entende-se com toda a lógica, que a zona dos silos de cereais demolidos e a zona por baixo da Rotunda do Porto do Funchal, são zonas portuárias para apoio aos navios, zonas excelentes para parqueamento e passagem de carga rodada, constituída por veículos ligeiros, médios e pesados.
Alguém já contactou empresas de seguros que porventura estejam interessadas em assegurar o valioso património dos automóveis clássicos guardados em armazéns portuários, numa cota baixa, na proximidade do meio marítimo, sujeitos aos efeitos colaterais de intempéries e salitre devido à proximidade do mar?

Façam uma estimativa contabilística dos prémios de seguros, que evidentemente serão elevadíssimos. Não acredito que coloquem automóveis clássicos valiosos sem seguro nesses hipotéticos armazéns.

Eu também sou um apaixonado pelos automóveis clássicos, recordo os embarcados/desembarcados do ferry da Naviera Armas, entre a Madeira Continente e Canárias.

A ligação via ferry entre a Madeira, Continente e Canárias potencia o intercâmbio de automóveis clássicos.

Por favor não inventem o que já está inventado.