Gabriel Pita apresenta segunda-feira ‘A Igreja Católica e o Nacionalismo do Estado Novo’

Gabriel PitaO professor e historiador Gabriel de Jesus Pita apresenta na próxima segunda-feira, dia 19 de Outubro, às 17 horas, no salão nobre da Câmara Municipal do Funchal (CMF), a obra “A Igreja Católica e o Nacionalismo do Estado Novo”.

A apresentação do livro do autor que faz parte do painel de Opinião do Funchal Notícias estará a cargo do também historiador José Eduardo Franco.

Segundo a sinopse, nesta obra, resultante de um estudo aprofundado sobre a temática das relações entre a Igreja Católica e o Estado Novo, o autor adopta uma abordagem inovadora porque focalizada no cerne da ideologia salazarista, o nacionalismo, assim como no confronto entre a doutrina católica, tal como definida e divulgada nos pontificados de Pio XI e Pio XII, e o pensamento e prática política do salazarismo, analisando-se ainda o posicionamento específico da Igreja Católica portuguesa, colocada numa posição de difícil conciliação.

A questão da liberdade religiosa e do relacionamento entre o poder político e o poder religioso está hoje, indiscutivelmente, na ordem do dia.

Sendo um importante contributo para a compreensão do que se passou durante o salazarismo neste domínio, este livro poderá também suscitar uma reflexão crítica sobre a situação actual, em Portugal e no mundo.

Eis OS CAPÍTULOS DA OBRA:

O exacerbamento dos nacionalismos na Europa entre as duas Guerras Mundiais / O nacionalismo como componente fundamental da estrutura ideológica do Estado Novo / A Igreja Católica face aos totalitarismos nacionalistas / A Igreja Católica em Portugal perante os totalita­rismos nacionalistas: 1937-1945 / A Igreja Católica e o nacionalismo: uma conciliação limi­tada e problemática.