José Manuel Rodrigues não se deixa impressionar pelas sondagens

DSC06384A candidatura do CDS-PP optou hoje pelos contactos com as populações do centro do Funchal.
O candidato diz que não se deixa impressionar pelas sondagens favoráveis à Coligação (na Madeira não há coligação PSD/CDS) porque “a única sondagem em que acredito é na confiança dos madeirenses e porto-santenses”.
Antecipando um balanço à forma como decorreu a campanha, disse que recebeu essencialmente duas queixas dos eleitores: o desemprego, os cortes nas pensões e reformas.
A solução: a partir de janeiro, já sem o PAEF em vigor, trabalhar para que a Madeira reduza a carga fiscal, tenha um quadro de incentivos fiscais às empresas para que a economia cresça e por essa via se fomento novos postos de trabalho.