“Oficina do Empreendedor” termina segunda edição com saldo positivo

ceim empreendedor

O Centro de Empresas e Inovação da Madeira (CEIM) assume-se como a peça central do ecossistema do empreendorismo na Região. Esta foi uma das principais mensagens veiculadas, ontem, no âmbito do encerramento da 2ª “Oficina do Empreendedor”, programa de ‘mentoring’ totalmente gratuito organizado pelo CEIM em parceria com a Associação de Jovens Empresários da Madeira (AJEM) e a Universidade da Madeira (UMa).

Patrícia Dantas de Caires, diretora executiva do CEIM, aproveitou o último dia da iniciativa para dar a conhecer aos 50 participantes o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo CEIM, explicando a estratégia e posicionamento daquela entidade ao nível regional, nacional e europeu, e assumindo desde logo o compromisso de ajudar os empreendedores a darem o passo seguinte na concretização de ideias e projetos.

A abertura e disponibilidade do CEIM foi aliás enaltecida pelos participantes nesta 2ª “Oficina do Empreendedor”, realizada nos fins-de-semana de 19, 20, 26 e 27 de setembro. Os mesmos que consideraram a experiência positiva e profícua.

No encerramento da iniciativa, Leonel Nóbrega, pró-reitor da UMa, desafiou os participantes para que, no caso daqueles que têm emprego, levem as ideias para cada uma das empresas. “Dêem o vosso contributo para que a nossa Economia vá mudando para melhor”, disse.

Nuno Agostinho, presidente da AJEM, além de ter aproveitado a ocasião para convidar os presentes a participar na “Cidade do Empreendedor”, iniciativa daquela associação que tem início na próxima quarta-feira, dia 30, assumiu acreditar nas potencialidades do projeto da “Oficina do Empreendedor”.

O diretor regional da Inovação, Valorização e Empreendorismo, Jorge Vale disse esperar que este programa de “mentoring” tenha sido apenas um ponto de partida para os novos projetos empresariais dos participantes e, felicitando o CEIM pelo trabalho que tem vindo a desenvolver, deu a entender que serão realizados todos os esforços para que outras iniciativas do género sejam organizadas no futuro, para benefício dos jovens empreendedores regionais.