Representante da República a propósito dos refugiados: “Europa tem de ser digna de si própria”

cabo verde2
Fotos DR.

O Representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto considerou, esta tarde, a propósito dos refugiados, que “a Europa tem de ser digna de si própria”.

Ireneu Barreto falava na cerimónia de boas vindas ao Primeiro-Ministro de Cabo Verde à Madeira.

“Não posso falar de emigração sem evocar os refugiados que batem desesperados à porta da Europa, Europa que tem de ser digna de si própria, terra matriz dos valores fundamentais da dignidade humana. Estou certo que uma solução urgente vai ser, tem de ser, encontrada no respeito daquela dignidade, no respeito dos direitos humanos que há muito enformam a civilização europeia”, disse.

Ireneu Barreto fez votos para que a institucionalização da Macaronésia, iniciada em 2010, sob o impulso Cabo-Verdiano, “encontre renovadas energias para prosseguir o seu caminho tão importante, na afirmação da sua posição geoestratégica, na interceção entre as rotas do Atlântico Norte e Sul”.

Para o Representante da República, a visita do Primeiro-Ministro de Cabo Verde à Madeira “vai fortalecer ainda mais as nossas relações e torná-las mais atuantes”.

Sublinhou ainda o apelo que o governante de Cabo Verde fez ao País irmão, Guiné-Bissau, para o retorno à ordem constitucional e ao pleno respeito pelo Estado de Direito Democrático.