Candidatura do PSD reuniu com Ordem dos Advogados

sara-madruga-costa

A candidatura do PSD à Assembleia da República reuniu hoje com o Conselho Distrital da Ordem dos Advogados na Madeira, entidade que os social-democratas consideram ser de um contributo “fundamental” para o trabalho a desenvolver no parlamento nacional.

“O nosso compromisso de proximidade com a população também implica que haja esta abertura”, salientou, após a reunião, a cabeça de lista, Sara Madruga da Costa.

No encontro, foram abordadas questões como o estatuto da Ordem dos Advogados, publicado na semana passada, e as alterações na Caixa de Providência. Sara Madruga expressou preocupação relativamente à exigência, no novo regime, de um pagamento de uma contribuição dos jovens advogados no período de estágio. Além de serem normalmente estágios não remunerados, o que implica a ausência de capacidade financeira, a cabeça de lista do PSD-M realçou que esse estágio não implica que se venham a inscrever como advogados.

“Achamos que o regime que havia antes se calhar fazia mais sentido, que era da isenção ou da carência e quem quisesse contribuir então contribuía”, disse.

O novo mapa judiciário e o desinvestimento na justiça ao nível nacional, que tem levado ao atraso do seu funcionamento, foram outros temas abordados nesta reunião.

Sara Madruga defende uma maior aposta nos tribunais, quer em tecnologia, quer em funcionários judiciais.