Apanha da uva-da-serra continua a 19 de setembro

uvas
Foto Raimundo Quintal.

Raimundo Quintal continua a dinamizar ações de sensibilização ambiental no Parque Ecológico quer na reflorestação quer no contacto direto com a natureza.

O ambientalista anunciou, no seu blogue, que, “no último sábado os voluntários da Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal dedicaram-se à colheita de uva-da-serra no Campo de Educação Ambiental do Cabeço da Lenha.

Como é sabido, em agosto de 2010 cerca 90% desta propriedade da Associação foi destruída por um incêndio, que calcinou aproximadamente 8.000 hectares do Maciço Montanhoso Central da Ilha da Madeira”.

Mas há mais, salienta o geógrafo madeirense: “A partir de setembro de 2010 os voluntários iniciaram o penoso trabalho de corte dos ramos secos dos arbustos e pequenas árvores, arrumando o material seco ao longo das curvas de nível com o objetivo de refrear a erosão.

Após as primeiras chuvas, em novembro de 2010 começaram as plantações de plantas endémicas, que continuaram nos anos seguintes e deverão continuar nos próximos outonos e invernos.

Entretanto, as uveiras-da-serra (Vaccinium padifolium), cujas raízes não foram atingidas pelo fogo e os ramos queimados foram limpos, começaram a rebentar.

No ano passado, depois de um interregno de quatro anos, a Associação voltou a colher uvas-da-serra produzidas pelas velhas uveiras regeneradas e pelas jovens plantadas após o incêndio.

Este ano a produção aumentou significativamente e por isso foram programadas duas jornadas para a apanha dos mirtilos madeirenses e produção de compota. A primeira realizou-se no sábado passado e quem não participou pode ver a reportagem emitida pela RTP-Madeira, no telejornal de 06.09.2015:

https://youtu.be/kawlcNMnwHc

  A próxima colheita está prevista para o sábado, dia 19 de setembro”.