PND desiste à porta do tribunal de apresentar lista

Gil Canha (à direita) culpabiliza Vítor Freitas e Paulo Cafôfo da vitória do PSD e derrota da Mudança.

O PND continua a investir no efeito surpresa. Esta manhã, quando tudo se conjugava para a formalização da candidatura às eleições legislativas nacionais, no tribunal, eis que  a Nova Democracia recua nesta intenção e não apresenta a lista.

Mas nada é por acaso. É uma iniciativa assumida pelo PND para não obstaculizar a justiça e não se refugiar na imunidade dos candidatos. Tudo isto porque, apesar do cabeça de lista ser Luís Oliveira, os restantes cinco membros da lista foram condenados pela invasão ao Jornal da Madeira: António Fontes (segundo lugar da lista), Dionísio Andrade, Baltasar Aguiar, Gil Canha e Eduardo Welsh.