Ministro das Finanças grego demite-se

Imagem retirada do site http://en.protothema.gr/
Imagem retirada do site http://en.protothema.gr/

O Ministro das Finanças grego apresentou hoje a sua demissão através do seu blogue pessoal na Internet. Varoufakis toma esta decisão, após o referendo na Grécia ter resultado num score de 61.3% para o “Não” às medidas de austeridade europeias e na sequência de uma conversa com o Primeiro Ministro Tsipras.

Varoufakis foi o ministro que liderou as difíceis e demoradas negociações com os dirigentes das finanças do Eurogrupo. No entanto, no seu comunicado pessoal deu a entender que, após a vitória do “Não” na consulta popular, que sempre defendeu, vários dirigentes do Eurogrupo deram a entender que preferem a continuação das negociações mas com outro interlocutor que não Yanis Varoufakis.Por outro lado, disse mesmo que, após falar com o Primeiro Ministro Tsipras, este considerou a sua demissão “potencialmente útil para conseguir chegar a um acordo”. “Por esta razão vou deixar o ministério das Finanças hoje”, anunciou.

As reações ao “Não” expressivo do referendo grego estão a ser expressas pelos líderes de vários países, sendo que as negociações com o Europgrupo prosseguem hoje.