ESCLARECIMENTO

Funchal,10-12-2014 Eduardo Jesus presidente da Ordem Regional dos Economistas em fim de mandato Helder Santos/ASpress

Face às noticias publicadas hoje, nos vários órgãos de comunicação social regionais, relativas ao montante da divida comercial – e porque as mesmas, baseadas nas declarações proferidas ontem, no debate do Programa de Governo, não foram devidamente compreendidas e não correspondem à verdade dos factos – encarrega-me Sua Excelência o Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura de solicitar a V. Ex.ª a publicação do seguinte esclarecimento, que antecipadamente se agradece, no sentido de informar convenientemente a opinião pública:

  1. A divida pública comercial, a que ontem se aludiu no valor de 2,5 mil milhões de euros, reporta a 2011 e não à atualidade.
  2. No final deste ano, essa mesma dívida será de 600 milhões de euros, ou seja, passou de 2,5 mil milhões em 2011 para 600 milhões, em 2015.
  3. Toda esta dívida, de natureza comercial, encontra-se programada para saldar, através de acordos de pagamento, até ao final deste ano.