Testemunho de Rui Marote: vítimas do Nepal são cremadas

SONY DSC
Os crematórios habituais no Nepal. Não vão ter mãos a medir. FOTOS Rui Marote

 

O repórter fotográfico do Funchal Notícias esteve recentemente no Nepal, o território que, segundo o seu olhar, é construído à base do tijolo.

A beleza deste espaço está agora ofuscada pelo abalo de terra fortíssimo que se fez sentir ontem e que está a deixar o mundo consternado. Os belos edifícios do Nepal ficam agora para a história, porque deles restam as ruínas.

nepal 5
Foto AFP

Segundo Rui Marote pôde testemunhar no Nepal, quando o visitou, as vítimas são publicamente cremadas, uma a uma, e cada uma delas tem de levar a sua lenha. Um caso sério que agora se coloca às autoridades, com centenas e centenas de anónimos mortos, retirados dos escombros.

SONY DSC
Nepal, Antes do sismo. Foto: Rui Marote