Junta de São Gonçalo ausculta “forças vivas” e aposição para preparar orçamento e plano para 2023

De forma inédita, o executivo da Junta de Freguesia de São Gonçalo, no Funchal desencadeou e promoveu diversos contactos e reuniões com as denominadas “forças vivas” da freguesia.

A escola e infantário da freguesia, a Casa do Povo de São Gonçalo, a CRIAMAR, os Centros Comunitários de São Gonçalo e do Palheiro Ferreiro, o Clube Desportivo 1º Maio, o Clube de Caça, Tiro e Pesca da Madeira, bem como, a Associação Janota, foram algumas das instituições da freguesia que foram “chamadas” a partilhar as suas ideias e anseios, de forma a garantirem a inclusão dos seus contributos no orçamento e plano de atividades da freguesia para 2023.

“Quando nos aproximamos do momento de constituir as prioridades da freguesia em sede de orçamento, tenho a forte convicção de que as diversas instituições da freguesia, têm uma
palavra a dizer! Reconhecendo que os partidos políticos estão mais responsabilizados a darem os seus contributos, entendo, que as Instituições na interação diária com os nossos moradores
complementam a vida e quotidiano de São Gonçalo. Nessa conformidade, ouvir e tentar encontrar pontes de entendimento e cooperação torna-se imperativo e prioritário. O Executivo de Freguesia tem a exata noção e conhecimento daquilo que é necessário corrigir e reforçar na freguesia. Esta iniciativa inédita em convidar as Instituições a participarem na compilação do orçamento da freguesia, aproxima os dirigentes, aumenta o conhecimento das distintas realidades e sobretudo reduz disfuncionalidades”, refere o presidente da Junta Tiago Freitas.

Ouvir a opopição

De igula modo, o Executivo proporcionou diversas visitas e reuniões com os partidos da oposição que compõem a assembleia de freguesia, com vista a recolher as propostas e sugestões a constarem na proposta de orçamento e plano de atividades para o ano de 2023.

Estes encontros foram estabelecidos durante a semana decorrida, onde foram ouvidos as diversas forças políticas, nomeadamente, o partido socialista e o bloco de esquerda e a coligação Funchal Sempre à Frente.

O executivo de freguesia apresentou os compromissos e desafios pretendidos, bem como, as respetivas dotações financeiras para cada uma das áreas de intervenção, a serem levadas a cabo para o ano 2023.

O orçamento e plano de atividades da freguesia de São Gonçalo, bem como, alguns regulamentos contendo alterações, serão apresentados e apreciados, à assembleia de freguesia, no início do mês de dezembro.