GR manifesta pesar pela morte de Gonçalo Nuno Araújo

Morreu o engenheiro Gonçalo Nuno Malheiro Araújo, que desempenhou funções como governante regional na área do Equipamento Social. Daí que o Governo Regional da Madeira e o seu presidente, Miguel Albuquerque, venham manifestar o mais profundo pesar pelo seu falecimento, ocorrido hoje.

“O Executivo madeirense endereça os mais sentidos sentimentos à família enlutada, personalizando os nossos pêsames no seu filho, director regional do Planeamento, Recursos e Infraestruturas, Gonçalo Nuno Araújo. Neste momento de grande tristeza, solidarizamo-nos com a intensa dor dos seus familiares e amigos”, refere uma nota da Quinta Vigia.

“Gonçalo Nuno Malheiro Araújo desempenhou, com grande sucesso e dedicação, várias funções públicas ao longo da sua vida, com ação direta em importantes empreitadas concretizadas na nossa Região e com trabalho notável em prol da terra onde nasceu”, enaltece o GR.

“Entre essas funções avultam, entre 1976 e 1978, o exercício de funções de secretário regional do Equipamento Social, dos Transportes e Comunicações no I Governo Regional, e ainda as funções de director regional do Urbanismo e Ambiente, bem como de responsável pela instalação do então Instituto de Habitação da Madeira. Durante vários anos foi governante, até 1997, ano em que se reformou. É este ilustre Madeirense que o Governo Regional e o seu Presidente pretendem homenagear, também na hora da sua morte, sublinhando a sua gratidão para com os relevantes serviços prestados em nome da nossa Região”.