Deputados do PS querem transportes públicos grátis para estudantes madeirenses em Lisboa

Os deputados do PS-M eleitos ao parlamento nacional dizem ter trabalhado conjuntamente com a vereação socialista na Câmara Municipal de Lisboa, no sentido de conseguir que a edilidade garanta a gratuitidade dos transportes públicos também para os estudantes no ensino superior deslocados na cidade, nos quais se incluem muitos madeirenses.

A Câmara Municipal de Lisboa já havia aprovado a proposta que garante os transportes públicos gratuitos para jovens e idosos com mais de 65 anos, mas a vereação liderada pelo social-democrata Carlos Moedas deixou de fora os estudantes deslocados, o que, na perspectiva dos socialistas, era incompreensível, tendo em conta o facto de aquela ser a maior cidade universitária do País e reunir estudantes provenientes de várias localidades.

Embora alertado para esta discriminação, o executivo camarário já havia chumbado uma proposta que visava este alargamento dos transportes gratuitos aos alunos deslocados, mas a oposição voltou à carga e, ontem mesmo, em reunião da Assembleia Municipal, foi aprovada uma proposta de recomendação para que a autarquia estude a referida atribuição do passe gratuito. Perante esta deliberação deste órgão autárquico, está agora nas mãos de Carlos Moedas implementar uma medida que o próprio tinha chumbado.