Direção Regional da Saúde alerta para a importância do sono

A Direção Regional da Saúde (DRS) alertou para a importância do sono, tido como “um pilar da saúde e do bem-estar”.

Neste sentido a DRS deixou algumas recomendações:

“- Respeitar a hora de deitar e dormir o tempo recomendado para a idade (dos 18 aos 64 anos entre 7 e 9 horas, mais de 64 anos entre 7 a 8 horas).

– Evitar refeições pesadas, bebidas estimulantes ou álcool a partir do final da tarde, assim como fumar uma a duas horas antes de ir para a cama. O álcool pode transmitir uma falsa sensação de relaxamento, mas na verdade, perturbará qualidade do sono, aumentando a adição e prejudicando a saúde. O jantar deve ocorrer pelo menos 2-3 horas antes (em caso de ter fome à hora de deitar, pode optar por uma ceia leve);

– Praticar exercício físico (i.e. caminhada ou outra atividade física de forma organizada e regular), sobretudo ao ar livre e com exposição solar, pois estes fatores contribuem para regular o relógio biológico e os ciclos de sono.

– Adotar uma rotina de sono com atividades relaxantes (ex. tomar um banho, ler um livro, ouvir música calma, e fazer massagem) que o ajudem a “desligar” do dia de forma tranquila.

– Preparar o espaço de sono, tendo em conta a diminuição da luz e uma temperatura adequada.

– Evitar o uso de telemóvel, tablet ou computador antes de dormir.

A luz do ecrã pode afetar a nossa capacidade de adormecer e provocar um desejo compulsivo de continuar em atualização, verificando informações, respondendo, lendo ou jogando. Em caso de insónia, os ecrãs devem ser evitados, porque irão estimular a atividade cerebral e dificultar ainda mais o adormecer.

Caso seja necessária, a medicação para dormir deve ser sempre prescrita por um médico, respeitando as dosagens e períodos de tratamento.”