PJ deteve suspeito de incêndio florestal na freguesia do Caniço

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Madeira, deteve na madrugada de hoje, fora de flagrante delito, um homem de 31 anos, como presumível autor de um incêndio florestal, ocorrido na freguesia do Caniço, concelho de Santa Cruz, refere uma nota de imprensa.

O incêndio foi praticado com recurso a chama directa, só não atingindo habitações contíguas, devido à pronta detecção por parte de populares e ao imediato combate pelos Bombeiros Sapadores de Santa Cruz.

O suspeito, após a prática do crime, foi localizado e interceptado nas imediações da residência, pela PSP de Santa Cruz, que comunicou tal ocorrência à Policia Judiciária, face à natureza do crime em causa.

O detido irá ser presente às autoridades judiciárias competentes para eventual aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.