63ª edição do Rali prestes a começar: PSP faz recomendações ao público

Aspecto da sessão de autógrafos ontem realizada

Principia amanhã, com a realização do Qualifying, a 63ª edição do Rali Vinho da Madeira, uma organização do Club Sports da Madeira que remonta a 1959. A prova, incluída no FIA European Rally Trophy e campeonatos nacional e regional da modalidade, desenrola-se ao longo de três dias, de 4 a 6 de Agosto.

Entretanto, a Polícia de Segurança Pública da Madeira, em parceria com a organização do rali e com as outras entidades envolvidas, emitiu um comunicado, bem como outras entidades envolvidas, dizendo-se “fortemente empenhada para que a 63ª. Edição da Volta à Ilha – Rali Vinho Madeira 2022, decorra em segurança, proporcionando aos intervenientes e espectadores uma excelente edição (…)”

Na edição deste ano regressam a Prova Super Especial na Avenida do Mar e a passagem do Chão da Lagoa.

A prova terá o seu início amanhã, dia 4, com o Shakedown, na Estrada dos Cardais – Água de Pena e com a Super Especial da Avenida do Mar.

Até ao dia  6, altura da realização da cerimónia de entrega dos prémios na Praça do Povo, no Funchal, a PSP “estará sempre presente ao serviço do cidadão, solicitando a todos que adoptem os procedimentos de segurança, os quais já foram amplamente divulgados, destacando-se os seguintes:

  1. Durante a competição, o público deverá posicionar-se ao longo do trajecto de cada prova especial de classificação, com especial incidência nos locais considerados mais apetecíveis e espectaculares da passagem dos veículos, em competição, pelo que é obrigatório o cumprimento das seguintes regras básicas da competição:
    1. Cumpra escrupulosamente as indicações da organização e dos elementos da PSP;
    2. Conheça os itinerários e encerramento das estradas e arruamentos, amplamente divulgados, programando a sua mobilidade de acordo com estas limitações provisórias. Recorde-se que nem sempre é possível proceder à abertura de estradas entre classificativas por motivos inopinados, embora esteja programado um período de abertura;
    3. É fundamental que respeite a sinalização da prova com especial atenção:
      1. Não se posicione em zonas consideradas perigosas, nomeadamente nas “áreas delimitadas por fitas vermelhas”;
      2. Respeite as saídas de emergência, pois são essenciais às equipas de emergência, para providenciar um socorro rápido a quem dele necessite;
  • Não estacione o seu veículo na faixa de rodagem onde irão decorrer as provas especiais de classificação;
  1. Não circule a pé (nem com o seu veículo) no circuito da PE após o encerramento das estradas;
  2. Após o encerramento das estradas, se tiver perante uma situação de emergência, contacte a PSP, para que, através do chefe de segurança do troço ou da organização, possa ser resolvido, após consulta da direção da prova, a situação;
  3. Tenha presente que as provas especiais de classificação só terminam quando a viatura do chefe de troço percorre todo o circuito e a PSP receba essa mesma indicação, pelo oficial responsável, da abertura de estrada”.

“Para que a prova decorra em ambiente de festa, de competitividade e em segurança, a PSP apela à colaboração de todos”, refere a Polícia, desejando um rali competitivo e que decorra com o máximo de segurança.