Proteção Civil promove cultura de segurança através de realidade virtual

Fotos DR

Desde novembro de 2021, o Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM (SRPC, IP-RAM) implementa, em todas as Escolas da Região Autónoma da Madeira, o projeto “Eu Sei Proteger”. Desde o início destas atividades até ao fim do ano letivo 2021/2022, foram realizadas quase 480 ações, que envolveram a participação de cerca de 7500 alunos.

 

Trata-se de um projeto que «pretende comunicar à população escolar, com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos, as diversas medidas de autoproteção que devem ser tomadas em situações diversas de risco, promovendo uma cultura de segurança», explica do SRPC, IP-RAM.

 

«As ações são implementadas de forma itinerante, nas escolas básicas de 3.º ciclo e secundárias, onde os alunos, através da colocação de óculos VR, ver-se-ão posicionados num mundo virtual que recriará um cenário com fatores de risco, nomeadamente: Incidente na floresta; Aluvião; Incidente em casa, Incidente em túnel e Kit de emergência.», prossegue, em nota, o referido Serviço.

 

O projeto decorre ao abrigo de uma candidatura, aprovada e globalmente cofinanciada, ao Fundo de Coesão do PO SEUR.