Praça do peixe: 400 mil euros para modernizar

Rui Marote
As obras no local em questão estarão concluídas em Dezembro deste ano, soube o FN. Nascerá um restaurante panorâmico sobre a Praça do Peixe, na zona sul.
A obra, a cargo da Etermar, concretiza um projecto cofinanciado pelo Turismo de Portugal, proporcionando melhores condições de trabalho, segurança e higiene e melhor oferta comercial.
Haverá novos espaços para lavagem e preparação do pescado e espaços para venda de peixe congelado.
Neste projecto de modernização surgem três espaços para degustação dos peixes comercializados naquele espaço.
As fotos documentam que a obra que está avançar não encerrou a praça do peixe, que funciona normalmente no espaço a norte, enquanto decorrem os trabalhos na zona sul, mais precisamente de modernização da rede de águas, escoamento das águas pluviais e esgotos.
O Mercado, que recentemente comemorou 81 anos, manterá as linhas tradicionais como imóvel de interesse público. Todo  o seu projecto foi submetido para apreciação da Direcção Regional e Cultura.
A actual Camara herdou um “calote” em rendas superior a um milhão de euros, tendo acordado com os comerciantes sete planos  de pagamentos  de modo a reduzir as suas dívidas e continuarem as actividades.
92% dos espaços comerciais estão ocupados e em funcionamento para que possam manter os postos de trabalho. O Mercado é um património da cidade do Funchal de interesse público e histórico.