CMF recebe alunos e docentes da APEL no âmbito do AACCEssible Culture

A vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal, Cristina Pedra, recebeu hoje, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um grupo de alunos e professores da escola da APEL, do projecto AACCessible Culture (Cultura Acessível).

Esta é uma iniciativa no âmbito do programa EMSMUS+, programa europeu que apoia a educação, a formação, a juventude e o desporto.  O projecto visa tornar os conteúdos museológicos acessíveis a pessoas com défice de comunicação, de forma a poderem vivenciar plenamente a dimensão cultural.

Na ocasião, Cristina Pedra realçou que o município do Funchal está muito “empenhado em ter uma ligação muito estreita à juventude e em promover o  nosso património que é tão rico e tão vasto”.

O Município do Funchal aposta numa “sociedade mais inclusiva”, na qual qualquer pessoa  possa ter  oportunidades para participar nas várias actividades socioculturais. Para tal propósito, a autarquia tem realizado, gradualmente, um investimento nas questões relacionadas com o acesso, quer seja físico, social e intelectual, refere um comunicado camarário.

Em Maio deste ano foi assinado, no Museu A Cidade do Açúcar, um protocolo entre a Escola da APEL e a Câmara Municipal do Funchal, enquadrado neste projecto europeu. Ao abrigo do Protocolo de Colaboração com a Câmara Municipal do Funchal, será realizada uma visita ao Museu A Cidade Do Açúcar (MACA), para testar o guião adaptado à comunicação aumentativa e alternativa.

A visita inclui uma passagem por locais emblemáticos do Funchal, relacionados com a indústria do açúcar, propostos pelo roteiro do MACA “Uma Visita Doce Pela Cidade”.

Este projecto termina em Março de 2023 o e congrega parceiros internacionais, desde a Itália, Moldávia, Grécia, Espanha e Polónia.