Nini Andrade Silva vai dar vida ao Apolo encerrado há dois anos

Rui Marote
Em Novembro de 2020 o empresário responsável dava conta da reabertura do emblemático e histórico café Apolo em 1 de Dezembro desse ano, data em que foi inaugurado no já longínquo ano de 1945.
Em Agosto de 2019 um entendimento entre comerciantes levou o Apolo a reduzir a esplanada. Comentava-se que o Apolo estava em risco de falência, mas nova gerência de empresários madeirenses acalentou a intenção da reabertura, que não se concretizou. A pandemia da Covid-19 e os problemas decorrentes,  entretanto, suspendeu as obras durante dois anos. Mas parece haver uma nova luz ao fundo do túnel: o Apolo irá mesmo reabrir.
Esta semana na sua fechada, surgiu um cartaz dando conta que Nini Andrade Silva é a designer de interiores.
Embora “adormecido”, este histórico café voltará a ter vida e história com os seus setenta e sete anos de existência. Muita falta faz.