JPP quer mais apoio do GR aos produtores de cana-de-açúcar

Os deputados do JPP visitaram hoje a 16ª Feira Regional da Cana-de-Açúcar que decorre nos Canhas, na Ponta Sol, defendendo um apoio extraordinário excecional ao sector primário, sobretudo aos produtores de cana-de-açúcar, tal como o Governo Regional definiu para os produtores de banana.

“Nós defendemos um apoio extraordinário aos 1 300 produtores de cana-de açúcar, que recebem uma miséria por quilo, sobretudo tendo em consideração que estes são a força laboral que criam a matéria-prima que dá corpo aos produtos que são ex-libris da Madeira, tais como o rum agrícola, o mel de cana, o bolo e as broas de mel. Se o Governo Regional compensar com 6 cêntimos a banana, terá igualmente de compensar os produtores de cana.”

“O aumento dos custos de produção sobe descontroladamente. Por exemplo, o adubo agrícola subiu cerca de 6 euros, os combustíveis agravados pelo ISP e taxados ao IVA de 22%, os custos de transporte pesam na conta destes agricultores, e os o 2 cêntimos de aumento ajudam, mas não são, de longe, o suficiente para compensar os gastos”.

“A agricultura é um sector de valor económico, social e cultural relevante, um garante da paisagem e da sustentabilidade ambiental. Dada à importância do labor da cana-de-açúcar, com uma produção a chegar a quase 10 mil toneladas/ano, é fundamental dar o justo preço pelo produto e assim valorizar o agricultor”, defende o JPP.