“Filmoteca das Ilhas” já com acervo de quase 5 horas de filmes domésticos

O projecto de recolha de filmes amadores apoiado pelo ICA (Instituto de Cinema e Audiovisual), levado a cabo pela Filmoteca das Ilhas desde Janeiro de 2021, já acumulou cerca de 5 horas de imagens filmadas em diversos formatos a maioria da década de 50, refere um comunicado de imprensa.

Os filmes têm sido entregues nas lojas da Foto Canhas – Foto Sol, com quem a Filmoteca das Ilhas estabeleceu uma parceria para este projecto, por forma a que os filmes entregues sejam digitalizados.

A maior parte das temáticas focadas nestas imagens são de festas religiosas, incluindo imagens da primeira comunhão, arraiais, imagens do Lido no Funchal, dos navios de cruzeiro e do hidroavião. Existem ainda imagens das vindimas no Porto Santo e da apanha da ameixa entre outras.

 A maioria das imagens são do Porto Moniz, São Vicente, Machico, Caniçal, Santa Cruz, Câmara de Lobos, Funchal e Porto Santo.

Em Dezembro, a Filmoteca das Ilhas apresentará a I Mostra de Filmes de Arquivo Familiares denominada Memórias de Ilhéu, na qual serão exibidos alguns dos filmes da recolha após edição dos mesmos para um total de 60 minutos.

Através da Filmoteca das Ilhas, membro da rede Europeana, a Região Autónoma da Madeira está inserida na biblioteca europeia virtual, cujo objectivo é tornar acessível a todos o património cultural da Europa.

Desta forma, as imagens recolhidas na Madeira e Porto Santo pela Filmoteca das Ilhas estarão acessíveis e disponíveis por todos os países da União Europeia, ajudando a preservar a memória e identidade do povo da Madeira para o mundo.