Portos da Madeira e Polícia Marítima demoliram barraca e limparam praia de Santiago

A Administração dos Portos da Madeira realizou recentemente, e divulgou na sua página na rede social Facebook, uma acção de limpeza na Praia de Santiago, próxima da estação do teleférico.
Os funcionários da APRAM contaram com a colaboração da Polícia Marítima, que garantiu a segurança durante os trabalhos, refere a APRAM.
No decorrer da mesma foi retirado muito lixo acumulado entre os tetrápodes, e, pelos vistos, demolida uma barraca improvisada onde se acoitava um indivíduo toxicodependente. Aliás, segundo as fontes do FN, que ainda há dias abordava o assunto, tema de críticas nas redes sociais e não só, a dita barraca parece que servia como um autêntico “supermercado” de venda de droga.
Na realidade, aquela praia e aquele pontão têm sido cada vez mais mal frequentados; a toxicodependência campeia naquela zona, situada, como o FN já referiu, sob a alçada da autoridade da Polícia Marítima, que é quem tem que intervir.
Saúda-se, pois, esta acção em boa hora realizada pela APRAM e pela autoridade policial.