Polícia com muito que fazer no Funchal com ladrões, toxicodependentes e armas proibidas

foto arquivo

A Polícia de Segurança Pública continua a ter muito o que fazer na cidade do Funchal, par controlar as desavenças entre indivíduos alcoólicos, toxicodependentes, sem-abrigo e demais derivados. Segundo informa esta Polícia, hoje pelas 07H40, na Avenida do Mar e das Comunidades Madeirenses, deteve um indivíduo com 42 anos, desempregado, por ofensas à integridade física, com a utilização de uma arma branca, a um outro indivíduo de 40 anos de idade.

“Na origem desta agressão esteve um desentendimento entre os dois intervenientes, ambos toxicodependentes, relacionados com produto estupefaciente, sendo que o agressor utilizou uma arma branca provocando um ferimento na zona abdominal da vítima, que foi transportado pelos Bombeiros Voluntários Madeirenses ao Hospital Dr. Nélio Mendonça”, refere a PSP.

Estes factos, revela a autoridade, foram presenciados pelos elementos policiais que se encontravam a cumprir o planeamento físico policial e que passavam no local, os quais actuaram de imediato pondo termo à discussão, apreendendo a arma e procedendo à detenção do suspeito que recolheu à área de detenção do  Comando Regional aí permanecendo até ser presente ao Tribunal do Funchal.

As zaragatas, agressões e tentativas de assalto têm-se sucedido no centro da cidade. Ainda recentemente, cinco polícias de folga e mais um vigilante travaram uma tentativa de furto de um telemóvel, perseguindo o assaltante. Por outro lado, também recentemente, um indivíduo sem-abrigo destruiu, com um “pé de cabra”, montras na Rua Fernão Ornelas. Outros exibem comportamentos agressivos e alucinados, nas imediações do Anadia, do Mercado, das Ruas Fernão de Ornelas, Rua do Carmo, Praça do Carmo, Rua do Bom Jesus e Rua João de Deus.

Por outro lado, hoje pelas 01h20, num estaleiro na área do Funchal, a PSP deteve em flagrante delito 2 indivíduos, de 31 e 36 anos de idade, ambos residentes no Funchal, quando procediam ao furto de combustível de uma máquina retroescavadora estacionada no referido estaleiro.

Foi ainda apreendida uma gazua, uma lanterna e três garrafões com cerca de 18 litros de combustível bem como foram registados danos na referida máquina.

Ambos os suspeitos foram presentes ao Tribunal do Funchal, aguardando-se decisão das medidas cautelares impostas, informa o Comando da PSP.