Grupo Sousa e AMI assinam protocolo de colaboração

Uma informação à imprensa dá conta de que a Fundação de Assistência Médica Internacional (AMI) assinou, recentemente, um protocolo com a empresa Logislink, do Grupo Sousa, numa iniciativa destinada a apoiar esta Fundação no transporte de bens essenciais para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, Cabo Verde e Guiné-Bissau.

A AMI, como é sabido, assume-se, desde 1984, como uma organização não-governamental de referência, que visa levar ajuda humanitária e promover o desenvolvimento humano, tendo em conta os Direitos Humanos e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, nas áreas da saúde, social e
ambiental, em qualquer parte do mundo.

Por seu turno o Grupo Sousa, que há 35 anos vem desenvolvendo atividades como operador marítimo, portuário, de logística e energia, assegura linhas marítimas e cadeias logísticas regulares de âmbito nacional e internacional entre Portugal continental, as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, Canárias, Cabo Verde e Guiné-Bissau.

O Grupo Sousa  detém a GS LINES, atualmente o maior armador português e único a integrar a lista dos 100 maiores armadores do mundo do ranking Alphaliner. o grupo diz-se consciente da Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativa como pilar estruturante da sua acção, sendo as iniciativas desenvolvidas neste âmbito norteadas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, designadamente nas áreas da saúde, social e ambiental.