PSD promete novas ajudas e apoios aos agricultores de Santana

Assumindo a necessidade de apostar, “de forma séria”, no sector agrícola de Santana e vincando “que não basta defender mais agricultura quando não se criam condições para tal”, o candidato do PSD à Câmara Municipal da localidade, João Paulo Luís, reiterou hoje uma das suas grandes bandeiras políticas: a de reforçar os apoios aos agricultores, criando novas ajudas e incentivos à produção mas, também, garantindo outras condições à exposição, promoção e venda dos produtos em Santana.

“A par dos apoios municipais que vamos criar para ajudar os nossos agricultores na produção, na limpeza e desmatação dos terrenos, na plantação de culturas especificas como o trigo e o centeio, vamos também garantir apoios ao escoamento dos produtos e investir em novas acessibilidades e caminhos agrícolas que, efectivamente, incentivem a actividade, tornando-a mais aliciante e mais rentável no nosso concelho”, prometeu o candidato, assumindo, também, o compromisso de requalificar o actual Mercado Agrícola e o Centro Agrário de Santana, através da integração de um Polo da Escola Agrícola da Madeira, reforçando, desta forma, a aposta na formação.

Promessas que se vêm juntar, entre outras, à criação de uma “Incubadora Agrícola” no concelho, a maior divulgação e promoção, através de um novo serviço de proximidade a criar na autarquia, dos Sistemas de Apoio e dos Fundos Comunitários existentes e, também, a criação de incentivos municipais especificamente vocacionados para promover o surgimento de novas empresas do setor primário no concelho.