Miguel Brito quer “parque radical” no Jardim do Tanque, Porto Santo

O candidato do PS à Câmara Municipal do Porto Santo considera a prática desportiva e o apoio à juventude dois vectores essenciais de desenvolvimento para a ilha. O candidato socialista quer que o desporto seja encarado “numa lógica de serviço público, promovendo a generalização da actividade física, enquanto factor essencial para a melhoria da saúde física e mental de todos os porto-santenses”. Miguel Brito defende por isso a elaboração de uma estratégia inclusiva de “Desporto para Todos” que incida no desporto escolar, no desporto integrador e no desporto recreativo.

“A prática desportiva pode ser um excelente veículo de integração e inclusão, se a encararmos numa perspectiva de grupo ou até mesmo a título individual, fazendo parte de um núcleo maior de praticantes”, diz. “Mas, para que isso aconteça, é preciso dar a todos igualdade de oportunidade no acesso ao desporto seja através da criação de infraestruturas dedicadas a esse fim, seja com a promoção da sua prática dando a conhecer a todos, sem excepção, a oferta existente nesse âmbito”, explica o candidato do PS.

Duas das propostas de Miguel Brito vão no sentido de criar um Polidesportivo Municipal no bairro camarário no Campo de Baixo, requalificando o actual campo de futebol, e ainda um Parque Radical no Jardim do Tanque. Dois exemplos de infraestruturas adequadas à prática desportiva de acesso livre a toda a população e que podem ser estimuladores de interesse, nomeadamente junto dos mais jovens.

A juventude é outro dos focos de Miguel Brito que está comprometido em promover e desenvolver o empreendedorismo junto desta camada da população. Para tal, o candidato compromete-se a criar a “Casa da Inovação e da Juventude”, um projecto que visa promover o empreendedorismo jovem através do apoio a ideias e negócios.