Augusta Aguiar exalta papel das Casas do Povo

A governante com as pastas de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar, esteve hoje presente na tomada de posse dos novos órgãos sociais da Casa do Povo da Serra de Água, representando o Governo Regional.

Na ocasião, Augusta Aguiar frisou que este é “um novo ciclo que se inicia, nesta instituição que conta já com 25 anos de existência, no apoio local à população da Serra de Água, através do desenvolvimento de actividades de âmbito social e cultural, acções de divulgação das tradições e património natural, junto dos cidadãos”.

A secretária regional fez questão de enfatizar que as 43 Casas do Povo da RAM, na sua actividade normal, “chegam a cerca de 50 mil pessoas, através das diversas actividades socioculturais, formação, pólos de emprego, centros de dia e de convívio, actividades lúdicas e recreativas, e outras respostas disponibilizadas às populações”.

Salienta-se ainda o Fundo de Apoio Regional a Organizações Locais (FAROL), criado pelo Governo Regional em 2020, e dotado de uma verba global de 500 mil euros, que teve como entidades promotoras, que operacionalizaram a sua atribuição, 13 Casas do Povo, sendo que todas as outras, como é o caso da Casa do Povo da Serra de Água, foram entidades parceiras na sua divulgação.

“É nobre e merecedor de aplausos o espírito de missão e entrega das nossas Casas do Povo”, exaltou Augusta Aguiar.