Miguel Brito diz querer praia do Porto Santo inclusiva e acessível

O candidato do PS à presidência da Câmara Municipal do Porto Santo diz quer apostar na requalificação das acessibilidades às praias, oferecendo as condições para que todos possam usufruir de forma segura e inclusiva das zonas balneares, fazendo jus à excelência natural do maior postal da ilha.

Miguel Brito aponta a necessidade de avançar com um projecto de beneficiação e requalificação dos acessos, que passa por melhorar os acessos pedonais, estacionamento ordenado com lugares para pessoas com mobilidade condicionada, acessos à zona de banhos e sol, passadeiras no areal, reestruturar os equipamentos de apoio como vestiários, duches e sanitários e posto de socorros acessível. Para além disso, o candidato propõe a instalação de equipamentos anfíbios para apoio ao banho em algumas zonas para que todos possam desfrutar dos banhos de mar.

“Queremos”, diz, “que a praia do Porto Santo seja reconhecida, para além da sua qualidade natural, pela sua capacidade de acolher todos, sem exceção. Para isso, o município deve assegurar condições que permitam que a praia seja acessível para todos, de forma segura, independentemente da idade ou de terem mobilidade condicionada. Acima de tudo, queremos proporcionar qualidade e bem-estar a quem nos visita”.

No projecto de Miguel Brito, a melhoria da zona balnear é parte de uma intervenção de requalificação mais vasta que pretende fazer do Porto Santo uma cidade sustentável e segura, com uma aposta em novas soluções integradas de mobilidade e na requalificação e ordenamento do concelho, referem os socialistas.