Grupo de Ajuda de Sobreviventes de AVC realizou na RAM a primeira reunião

De acordo com o Serviço de Saúde da RAM, a primeira reunião do Grupo de Ajuda Mútua Madeira dos sobreviventes de AVC (GAM-M) aconteceu no passado dia 26 de Junho e juntou vários sobreviventes, familiares e cuidadores, para além de profissionais da equipa multidisciplinar da Unidade de AVC, com intervenção e apoio imprescindível de Arlinda Oliveira, enfermeira gestora da Unidade de AVC.

A criação do GAM-M foi apresentada em 2020 no Dia Mundial do AVC, a 29 de Outubro, pelo presidente da Portugal AVC, António Conceição.

Estas reuniões realizar-se-ão com uma periodicidade mensal, mais precisamente no último sábado de cada mês, estando a próxima agendada para o dia 31 de Julho, entre as 10h e as 12h, no Núcleo de Formação do Hospital Dr. Nélio Mendonça.

De acordo com o Portugal AVC, estes grupos de pessoas “têm em comum um problema de saúde e/ou que viram as suas capacidades (motoras, comunicativas, sensoriais, cognitivas, ou outras) afectadas em consequência de um AVC”, e reúnem-se para partilhar a sua situação e sentimentos, aumentar os conhecimentos sobre o AVC e a saúde em geral, oferecer ajuda mútua (antes de mais, social e emocional/psicológica) e trocas de informação”.

“Tenta ser um espaço de diálogo aberto entre iguais que pode ajudar a suavizar os problemas e mesmo proporcionando mudanças pessoais e/ou sociais aos participantes”, revela-se.

Podem ser encontradas mais informações da Portugal AVC em: www.portugalavc.pt