700 mil euros para a empreitada de reabilitação do Complexo de Ténis do Porto Santo

Fotos FN
O Porto Santo quer investir em força na componente turística desportiva, também através da prática do ténis. Quem caminha pela estrada marginal vila-Calheta, depara-se logo com um mega-cartaz que anuncia um investimento que ronda os 700 mil euros para a reabilitação profunda do Complexo de Ténis do Porto Santo.
A apresentação oficial do projeto de reabilitação foi a 17 de julho. Foto GR.
Nivalda Gonçalves, que tem  gestão das Sociedades de Desenvolvimento da Madeira, apresentou, com a autarquia e representação local do governo, a obra a 17 de julho, cujo projeto de arquitetura foi finalizado recentemente. A titular da obra é a a Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo (SDPS) que iniciará os procedimentos para lançamento do concurso público para a obra de reabilitação.
Uma reabilitação que incide, sobretudo, na criação de mais dois campos de Padel, com todas as condições técnicas para a prática profissional da modalidade, de modo a potenciar a procura elevada que têm registado, tanto por particulares, como pelo clube ‘Os Profetas’.
Os campos de Padel atuais serão renovados na sua estrutura e reajustados às exigências regulamentares da modalidade, por forma a serem integrados essencialmente na vertente de treino.