Presidente do GR desvaloriza polémica do amianto em São Vicente

foto arquivo

O presidente do Governo Regional desvalorizou hoje, à margem de uma inauguração em Câmara de Lobos, a polémica do amianto descoberto em São Vicente, declarando que se trata “de um processo que está a seguir os trâmites judiciais”.

“Não percebo porque querem extrapolar, pelo lado político, uma situação que é judicial”, declarou.

“Houve uma denúncia, houve uma intervenção das forças policiais, o processo está a seguir a sua tramitação no Ministério Público; e o PS, que não tem nada para pensar nem para fazer, anda numas acrobacias pré-eleitorais para fazer política”, queixou-se.

Hoje, o DN-M trouxe em capa que a empresa que enterrou o amianto recebeu 2,6 milhões do Governo, e que por isso o PS quer chamar a secretária regional do Ambiente e outras entidades ao parlamento regional.

Por outro lado, assegurou que não vai baixar o IVA na Madeira, que considera ser um imposto que não se repercute sobre o consumidor.