Piso do Hospital continua encerrado por causa de praga do piolho dos pombos

*Com Rui Marote

Continua encerrado o piso do Hospital Dr. Nélio Mendonça que, conforme ontem noticiou a agência Lusa, teve que ser fechado por causa de uma verdadeira praga de piolho dos pombos. O primeiro andar nascente teve que evacuar os doentes para outras dependências por causa desta situação inusitada, o que resultou em críticas do SESARAM pela alegada ausência de uma “política ambiental que permita controlar a densidade populacional de pombos na cidade” uma crítica com destino certo – a Câmara Municipal do Funchal. O SESARAM lamentou as “consequências graves” no Hospital.