Melim Mendes lançou livro sobre os bilhetes postais ilustrados da Madeira e Porto Santo

Fotos: Rui Marote

José Manuel Melim Mendes lançou hoje na Quinta Magnólia o seu segundo livro sobre sobre a temática dos bilhetes postais, intitulado: “Memórias do Porto Santo e da Madeira – O Bilhete Postal Ilustrado até ao início dos anos 60 do séc. XX”, anunciando, na oportunidade, que doará o seu espólio à Região. A ocasião contou com a presença do presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, e do secretário regional do Turismo e Cultura, Eduardo Jesus.

Albuquerque salientou, na ocasião, o “cosmopolitismo” e a visão do mundo de “um homem culto, viajado, com diversos interesses, um racionalista” e que tem “a mania do coleccionismo”, algo de que confessou partilhar.

O livro “vem completar uma parte da vida de Melim Mendes, de coleccionador erudito de postais”, e que concorre para a “afirmação do património cultural da Madeira”.

Melim Mendes, por seu turno, fez a apologia do exercício da memória, como essencial para construir o futuro.