UMa apresentou “um tímido exercício de performance”

Segunda informa a UMa, pela primeira vez, numa estreita colaboração entre a Universidade da Madeira e o Teatro Municipal Baltazar Dias, o(a)s aluno(a)s do curso de Artes Visuais, UC de Artes Performativas (3ºano/2ºsemestre), apresentaram a um ciclo restrito de convidados(a)s, “Um tímido exercício de performance” que reuniu trabalhos em sete momentos performativos.

Executado em espaços alternativos ao palco, como os corredores e outros espaços livres do Teatro, o exercício pretendeu tirar os estudantes de Artes Visuais da sua zona de conforto, afastando-os das telas e dos pincéis de per si, fazendo com que essa componente artística tomasse outros lugares.

A transdisciplinaridade conseguida pelo resultado apresentado pelo colectivo denota a flexibilidade e disponibilidade da entrega do(a)s estudantes. Os temas tratados foram: “DANÇAR É EXPRESSSAR”, por Beatriz Henriques; “O INVERSO”, por Denis Santos; “TIMIDEZ”, por Vítor Mendonça; “UM PASSO, DEPOIS… SILÊNCIO.”, por Cláudia Nascimento e Teresa Vieira; “CORPO-ESPERA”, por Tiago Pinto; “MONÓLOGO NA ALMA”, por Sandra Correia e Vera Costa; e, “LIBERTAÇÃO”, por Lícia Ferraz.