Rui Abreu lamenta morte do Pe. José Nóbrega, emigrado na Venezuela

foto de arquivo
O director regional das Comunidades e Cooperação Externa, Rui Abreu, emitiu uma nota na qual diz que “foi com profundo pesar que tomámos conhecimento do falecimento do nosso conterrâneo, o Padre José Nóbrega emigrado na Venezuela, natural do Caniço, aos 56 anos, vítima de Covid-19”.
Naquele país de acolhimento, onde chegou aos 6 anos de idade com os seus pais, este madeirense dedicou a vida ao sacerdócio e foi uma referência para toda a comunidade, apoiando todos aqueles que o procuravam, refere a informação enviada às Redacções.
“O padre José Nóbrega, respeitado e acarinhado por todos, foi também um exemplo no seu caminho enquanto missionário, tendo a seu cargo quatro instituições de educação nas comunidades de San Félix de Guayana e Sierra Imataca. Neste momento de consternação, o Governo Regional da Madeira, através da Direção Regional das Comunidades e Cooperação Externa, endereça à família enlutada as mais sentidas condolências”, conclui o comunicado assinado por Rui Abreu.