Albuquerque diz para os madeirenses “levantarem-se mais cedo”

O presidente do Governo Regional disse hoje: “Vamos reabrir os desportos individuais, mas com a circunstância de estarem proibidos os acessos aos balneários, e os convívios antes e depois da prática desportiva”. Declarações prestadas aquando da visita a uma empresa do sector digital, no Funchal. “Isso começa na próxima quinta-feira”, referiu. Confrontado, no entanto, com o facto de muitas das modalidades individuais funcionarem no período de fim de tarde, ironizou: “Levantem-se mais cedo, que também faz bem”.

Entretanto, os passeios com e sem animais de estimação continuam proibidos. Miguel Albuquerque insiste em que a economia está a funcionar na Madeira e a elogiar o facto de aqui “não termos confinamento”. Alerta para a necessidade de não reabrir de qualquer maneira, tendo antes muito cuidado, pois, dando o exemplo da Itália, considerou que a reabertura pode trazer novamente crescimentos exponenciais e o regresso a situações anteriores.

Albuquerque considerou “paradigmática” a empresa visitada, relativamente à aposta que o Governo Regional tem feito na área digital. Na Madeira, disse, há já 27 empresas tecnológicas, com um volume de negócios já superior a 70 milhões de euros. “Estamos a transitar para uma nova economia, que nos permite ganhar escala no exterior” e ultrapassar constrangimentos resultantes da ultraperiferia.

A Press Power é uma empresa tecnológica que opera no sector dos media. As suas áreas de negócio são o “clipping”, monitorização das notícias publicadas nos órgãos de comunicação social, e a transcrição de textos, inclusive a partir de outras línguas. A empresa, que começou em 2015 na “Startup Madeira”, afirmam os seus responsáveis, está cada vez mais a internacionalizar-se, e a cobrir o mercado nacional. A Press Power trabalha para organismos estatais e empresas.