Santa Cruz aprova voto de louvor aos profissionais de saúde

A Câmara Municipal de Santa Cruz aprovou, na reunião de hoje, um voto de louvor aos profissionais de saúde, salientando “o excelente trabalho de todos os profissionais de saúde que na linha da frente asseguram a triagem, diagnóstico e cuidados no âmbito da pandemia da COVID-19, bem como o apoio, acompanhamento, entrega  e dedicação que todos os doentes, em regime hospitalar ou domiciliário, recebem das equipas médicas, dos enfermeiros e dos auxiliares”.

É ainda salientado, por outro lado, o risco elevado que todas estas pessoas enfrentam todos os dias para garantir os cuidados a quem está doente, e as horas extra de trabalho incansável, com sacrifício pessoal e familiar.

O voto elogia o trabalho que tem sido desenvolvido por estes profissionais, desde logo os que “nos centros de saúde locais fazem a triagem acompanhamento e são, muitas vezes, a voz amiga que acalma e encoraja quem se vê atingido por um vírus que tem tanto de assustador como de desconhecido”.

O voto de louvor pretende assim ser “uma forma de agradecimento e também de homenagem aos homens e mulheres que têm sido incansáveis no acompanhamento dos doentes e famílias atingidas por esta pandemia.”

Na reunião, o presidente Filipe Sousa falou do agravamento do número de casos no concelho, que nos últimos dias foi fortemente influenciado pelos casos do Atalaia Living Care. O autarca sublinhou que a autarquia tem feito o que pode no acompanhamento aos munícipes que estão infectados com a COVID-19, nomeadamente através de um serviço de recolha de lixo personalizado ao domicílio, na disponibilização de cabazes alimentares às famílias que os solicitam, e ainda na ajuda à ida as farmácias, evitando a deslocação dos doentes.

Foi ainda salientado que seria útil às autarquias terem conhecimento do número de casos por freguesia, uma informação que até agora não tem sido disponibilizada pela tutela da saúde, mas que ajudaria nas medidas em curso.

Filipe Sousa falou ainda da dificuldade que tem sido encontrar pessoas para ocuparem as mesas de voto no próximo domingo, dado o receio face à pandemia.