Albuquerque diz que Centros de Dia vão fechar como prevenção contra a Covid-19

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, disse hoje que os Centros de Dia vão encerrar a partir da próxima sexta-feira, como medida de prevenção contra a Covid-19. As declarações foram proferidas hoje aos jornalistas, à margem de uma visita ao Mercado de Natal instalado na placa central da Avenida Arriaga.

Recomendando este ano “uma celebração do Natal mais caseira e mais familiar”, Albuquerque sublinhou que “a pandemia não acabou, antes pelo contrário”, pelo que há que tomar “muitas cautelas e precauções”. Face ao surgimento de casos de Covid-19 em contexto hospitalar, considerou “natural” que a doença chegue aos hospitais e aos lares, mas garantiu que neste momento as autoridades sanitárias ainda estão no controle das cadeias de transmissão, continuando a realizar testes.

“Vamos tomar já amanhã uma medida no sentido de retomar aquilo que no início da pandemia estava estabelecido, a não circulação do pessoal profissional entre os lares. E obviamente vamos encerrar os centros de dia. Não podemos correr riscos”, declarou.

A população mais idosa, que está nos lares, é a mais vulnerável, pelo que se decidiu avançar com a supracitada resolução. Quanto às visitas, referiu, serão mantidas, “com todas as precauções”. Outras medidas poderão ainda ser tomadas, “neste período de maior risco”, avisou.

“O que é expectável é que o número de pessoas infectadas aumente. O que é fundamental é mantermos o controle das cadeias de transmissão”, avançou.