Teófilo Cunha incentiva a população madeirense a “consumir o que é nosso”

O secretário regional de mar e Pescas, Teófilo Cunha, anunciou ontem o arranque das obras de construção da Unidade Externa de Produção e Ensilagem de Gelo na lota do Caniçal, um investimento no valor de 1 100 milhões de euros.

A obra deverá ficar concluída em Abril do próximo ano, correspondendo a uma necessidade que vinha sendo sentida pelos pescadores e armadores das embarcações médias que se dedicam à faina do atum e do peixe-espada.

A nova unidade tem capacidade para produzir 20 toneladas de gelo por dia e pode armazenar até 60 toneladas, refere-se.

Aproveitando a presença da comunicação social, Teófilo Cunha apelou aos madeirenses e porto-santenses para que ajudem os pescadores e armadores a escoarem as cerca de 600 toneladas de espada que estão armazenadas no Entreposto Frigorífico do Funchal. O governante lembrou que a crise sanitária tem reduzido o consumo de pescado, com o encerramento da restauração e da hotelaria, a que se juntou uma profunda queda na exportação.

Nesse sentido, Teófilo Cunha apelou a que “se consuma o que é nosso, ajudando a escoar o peixe-espada e dessa maneira contribuindo também para ajudar os pescadores e a economia regional”.