Conservatório assinala Dia Nacional da Cultura Científica

O Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, promove amanhã um evento online para assinalar o Dia Nacional da Cultura Científica. A sessão, com início agendado para as 15h00, será dirigida por Paulo Esteireiro, e contará com a participação de vários docentes do Conservatório.

Haverá comunicações por Robert Andres, Elena Kononenko e Giancarlo Mongelli, procedendo-se ainda à apresentação do livro ‘António Pereira da Costa’, por Norberto Gomes, que irá ainda fazer uma breve apresentação sobre os cordofones tradicionais da Madeira. O evento decorrerá no Salão Nobre do Conservatório, com transmissão em directo na página oficial de Facebook do Conservatório (www.facebook.com/conservatorioescoladasartes).

Paulo Esteireiro abordará a relevância do conhecimento científico nas artes, nomeadamente a musicologia. De seguida, Robert Andres, Elena Kononenko e Giancarlo Mongelli abordarão o projecto ‘Antologia da Música na Madeira’, falando da recuperação de obras e a sua inclusão no programa do Conservatório. Por fim, Norberto Gomes apresentará o livro ‘António Pereira da Costa’, seguindo-se a visualização do respectivo booktrailer, para finalizar a sessão. O evento terá entrada livre, condicionado a 25% do limite de capacidade da sala, e destina-se à comunidade escolar, a investigadores e a todos os que manifestem interesse no tema.

O livro ‘António Pereira da Costa’, uma das várias iniciativas promovidas pelo Conservatório para valorizar os compositores madeirenses do passado, visa assinalar a vida e a obra de uma das mais enigmáticas figuras da vida musical madeirense e relevar a sua importância na história da música portuguesa. Músico madeirense do século XVIII, destacou-se por ter ocupado o cargo de Mestre de Capela da Sé do Funchal e por ter composto um conjunto de 12 concertos grossos. Estes concertos foram publicados em Londres, provavelmente em 1741, e são a primeira obra musical impressa que se conhece de um músico madeirense.