Deputados social-democratas aplaudem os 150 anos da delegação da Cruz Vermelha

O Grupo Parlamentar do PSD apresentou um voto de congratulação pelos 150 anos da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa na Madeira, enaltecendo e agradecendo toda a sua acção, que se traduziu em inegáveis e indiscutíveis benefícios para a população madeirense ao longo da sua história, considera o partido.

A delegação da Cruz Vermelha na Madeira foi fundada em 1870. Após os primeiros anos, dos quais restam parcos registos, a 27 de Abril de 1911 surge uma proposta para a instalação de um pronto-socorro que estivesse ao serviço da população, que ganhou impulso e visibilidade com a 1ª Grande Guerra Mundial, uma vez que os feridos militares madeirenses resultantes desse conflito, recorriam ao auxílio da delegação da Cruz Vermelha na Madeira.

A acção da Cruz Vermelha foi fundamental em vários momentos marcantes da história da Madeira, como são disso exemplo as aluviões de 29 de Outubro de 1993 e de 20 de Fevereiro de 2010 ou os incêndios de 2016.

A acção desta instituição não se esgota, contudo, na prestação de socorro em situação de catástrofe, destacando-se o seu contributo indispensável nas áreas da educação e do apoio à população mais idosa. Na primeira vertente, a Cruz Vermelha possui dois estabelecimentos de ensino, nomeadamente a Creche e Infantário Donamina e a Escola e Infantário Dona Olga, e, na segunda, dinamiza um lar de idosos que presta auxílio à população sénior, realçam os deputados do PSD.