O antes e o depois do alerta do PPM sobre o reservatório de gás do Anadia

Antes…

É uma versão moderna da velha campanha “Assim não, assim sim!”.

O coordenador do PPM-Madeira, Paulo Brito denunciou a situação a 15 de julho (ver aqui ).
Agora, depois da denúncia para o perigo do reservatório de gás do edifício Anadia, de ter telefonado para a empresa dona do reservatório e fornecimento de gás, o local foi vedado.
Paulo Brito entrou em contacto com o Serviço Regional de Protecção Civil (PROCIV), que o encaminhou para a proteção civil municipal.
…Depois.

Depois de uma semana e meia, dirigiu-se à corporação dos Bombeiros Sapadores do Funchal, entidade que lhe transmitiu que a situação iria ser resolvida.

Ontem, dia 04/08/2020, limparam o espaço e colocaram a vedação em volta do reservatório.
“Queria deixar o meu agradecimento aos populares que num acto de civismo me alertaram para o perigo, aos meios de comunicação social que divulgaram e às entidades PROCIV, Proteção Civil Municipal e Bombeiros Sapadores que foram atenciosos e resolveram este assunto que poderia dar em tragédia”, revela Paulo Brito.