Rui Abreu e Carlos Madruga querem incentivar diálogo entre a Madeira e os Açores

O director regional das Comunidades e Cooperação Externa, Rui Abreu, e o presidente da Direcção da Casa dos Açores na Madeira, Carlos Madruga, querem promover um relacionamento mais próximo entre ambos os arquipélagos. Este foi um dos objectivos da reunião mantida hoje entre ambas as entidades, que teve um foco especial nas comunidades de emigrantes.

Esta abordagem conjunta, refere uma nota de imprensa, passa num primeiro momento por uma reunião via videoconferência entre as duas Direcções Regionais das Comunidades, da Madeira e dos Açores, que incluirá também a Casa dos Açores na Madeira e a Casa da Madeira nos Açores.

“A iniciativa partiu de Carlos Madruga que propôs esta videoconferência ao director regional das Comunidades do Governo dos Açores, Paulo Teves” – que já aceitou -, e agora formalizou o convite a Rui Abreu.

“Este encontro é importante para abordar os desafios que as comunidades de emigrantes têm pela frente, face à pandemia que atingiu o mundo todo”, resumiu Rui Abreu, salientando a importância desta partilha de experiências.

Carlos Madruga, por seu turno, informou que existem cerca de 100 açorianos a viver na Madeira, e deu conhecer as actividades que a Casa dos Açores na Madeira irá desenvolver.