PTP denuncia “situação dramática” de comerciantes do Mercado dos Lavradores

O PTP afirma que os comerciantes do Mercado dos Lavradores vivem uma situação dramática e pede isenção das rendas dos espaços comerciais. Na sequência da situação de emergência pública, provocada pela pandemia Covid-19, a deputada municipal do PTP defendeu que o município do Funchal isente o pagamento das rendas dos espaços comerciais concessionados pela autarquia, tendo dado como exemplo o caso do Mercado dos Lavradores.

“Sabemos que o Covid-19 afectou drasticamente o comércio do cidade do Funchal, sobretudo os mais dependentes do sector turístico, há comerciantes em situações dramáticas”, disse Raquel Coelho, tendo apelado à solidariedade da Câmara do Funchal, face a esta situação que considera excepcional.