Hospital com nove novas câmaras de protecção profissional contra a Covid-19

O Hospital Dr. Nélio Mendonça (HNM) recebeu hoje nove câmaras de protecção profissional aos actos de abordagem da via aérea, nomeadamente a entubação e extubação, doadas pela Ordem dos Médicos e pela Ordem dos Farmacêuticos, refere uma nota oficial. A doação foi feita ao abrigo do programa Todos Por Quem Cuida, que permite entregar material determinante para a segurança e qualidade dos cuidados prestados aos portugueses durante a pandemia da COVID-19.

Estas câmaras protectoras são de acrílico e funcionam como uma barreira física entre o doente e os profissionais, mantendo a visibilidade dos procedimentos durante a sua execução (entubação / extubação) e proporcionando protecção adicional na eventualidade de ser um doente COVID positivo.

Durante as manobras de manipulação da via área, os profissionais ficam expostos aos aerossóis dos doentes. De acordo com o Director Clínico do HNM, Júlio Nóbrega, as câmaras proporcionam o uso de “um mecanismo de barreira que permite defender o profissional de saúde da exposição às gotículas que o doente emana naquele ato de entubação/extubação”.

Esta, refere-se, é mais uma forma de evitar que um profissional de saúde seja contaminado pelo Virus SARS COV 2.

As novas caixas ficarão distribuídas por vários serviços: Bloco Operatório, Serviços de Urgência, Unidades de Cuidados Intensivos, e Internamento COVID.

Uma das câmaras ficou desde já disponível no Centro de Simulação Clínica local onde, por videochamada, o Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, se juntou ao momento de demonstração do uso destas câmaras.

Aquele responsável frisou a resposta que o serviço regional de saúde teve no âmbito desta pandemia, considerando ser “um exemplo a seguir” e uma resposta que “devia ser seguida, numa próxima oportunidade, por outros países e regiões, porque fizeram tudo no tempo certo”.

O secretário regional da Saúde e Protecção Civil, Pedro Ramos, salientou por seu turno que a entrega das 9 câmaras de entubação chegou “no momento próprio”.