Secretário regional Rui Barreto em visita de “estreia” ao Porto Santo garante apoios aos empresários

O secretário regional da Economia fez a sua primeira visita oficial ao Porto Santo, onde visitou o Parque Empresarial da ilha, com 16 empresas instaladas. E logo para anunciar que a publicação da portaria que regulamenta o Programa ADAPTAR acontecerá em breve e já se encontra assinada, nele constando uma dotação de 2,5 milhões de euros.

O programa visa apoiar os empresários na reabertura dos espaços comerciais. Serão elegíveis todas as despesas realizadas com material de proteção individual, sinalética, máscaras e desinfetantes, como revela uma nota enviada pelo gabinete de comunicação de Rui Barreto.

“Em breve as empresas do Porto Santo poderão submeter as candidaturas através do Balcão 2020. O Governo Regional vai fazer um adiantamento de 50% do valor elegível, em despesas até 5 mil euros, em que 80% desse valor é a fundo perdido. Uma oportunidade para ajudar os empresários do Porto Santo”, sublinha.

o que diz respeito ao pagamento das verbas referentes aos Sistemas de Incentivos do IDE, Rui Barreto garante que “o Governo Regional está a fazer pagamentos a cada 15 dias”. “Estamos a trabalhar à máxima velocidade possível, num tempo difícil, porque temos a noção que tudo temos de fazer, e estamos a fazer, para ajudar as empresas.

O secretário está na ilha com o objetivo de “contactar com as empresas e dar nota do trabalho que o Governo Regional tem desenvolvido”, e aproveitou esta primeira visita oficial para anunciar que o Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE) irá disponibilizar, em permanência, um colaborador para apoiar os empresários do Porto Santo, nos diversos Sistemas de Incentivo, durante todo o ano. Este apoio será articulado entre a Secretaria Regional da Economia e o gabinete da Vice-Presidência.

A visita às empresas foi conduzida pelo presidente do Conselho de Administração da Madeira Parques Empresariais, Gonçalo Pimenta. A acompanhar o governante estiveram ainda o presidente da Câmara Municipal do Porto Santo, Idalino Vasconcelos, e adjunto da Vice-Presidência do Governo Regional, Roberto Silva.

Entre as principais medidas de apoio do Governo Regional, no âmbito da pandemia Covid-19, as empresas localizadas nos Parques Empresariais da RAM ficaram isentas do pagamento das rendas dos meses de abril, maio e junho de 2020.

Atualmente, as empresas sedeadas no Parque do Porto Santo estão ainda isentas do pagamento taxas de licenciamento para obras de construção e utilização de edifícios no Parque Empresarial da ilha. A decisão foi tomada através de deliberação camarária no passado mês de maio.