Museu de História Natural integra projecto científico “Polinizadores de Portugal”

O Museu de História Natural do Funchal (MHNF), tutelado pela Câmara Municipal do Funchal, integra, na qualidade de parceiro, o projecto de ciência-cidadã “Polinizadores de Portugal”, liderado pelo CIBIO – InBIO (Research Centre in Biodiversity and Genetic Resources) da Universidade do Porto.

Idalina Perestrelo, vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal, com o pelouro da Ciência no Município, explica que “além do contributo científico e da preservação das espécies de polinizadores, como abelhas, vespas, borboletas e besouros, entre outros, o projecto visa envolver toda a comunidade interessada. Pretende-se conhecer melhor a distribuição das espécies, a sua abundância e a frequência com que visitam as flores, daí a importância de um contributo o mais alargado possível.”

Na primeira fase da investigação, que tem vindo a ser dinamizada nos canais do MHNF, todos os interessados puderam contribuir com os seus registos fotográficos, submetendo-os à plataforma nacional

https://www.biodiversity4all.org/projects/polinizadores-de-portugal. Até agora, já foram feitas cerca de 10 mil observações de mais de 1300 espécies em todo o país.

“Toda a informação sobre estas espécies que se possa acrescentar ao conhecimento científico que já existe é uma mais-valia, e a adesão do Funchal a este projecto surge com esse propósito, de contribuir com dados reais e actuais da distribuição dos polinizadores e de sensibilizar o público para o papel fundamental que este grupo de animais desempenha na nossa biodiversidade”, conclui Idalina Perestrelo.