Pinto da Costa “atira-se” a Carlos Pereira na reunião da Liga

A reunião da Liga de clubes foi atribulada mas Pedro Proença resistiu pelo menos até 9 de junho, data da Assembleia Geral que decidirá o futuro do presidente.

Mas a reunião de hoje, segundo a CMTV e o Record, ficou marcada pelo “ataque” do presidente do Porto, Pinto da Costa, ao presidente do Marítimo, Carlos Pereira. O líder portista não gostou que Carlos Pereira tivesse chamado de traidores os presidentes dos três grandes quando foram recebidos pelo primeiro-ministro, à revelia dos restantes clubes.

Além disso, a ação movida pelo Marítimo junto do Tribunal Arbitral, visando a impugnação do fecho da II Liga, podendo com isso comprometer as subidas de Nacional e Farense, foi mal recebida, uma vez que Carlos Pereira terá supostamente rompido um acordo entre clubes no sentido de não levantar problemas para a retoma do futebol, neste caso da I Liga.